Sentimento Mediano

"Temos tantos sentimentos, que é frequente persuadir-nos de que somos sentimentais..."

Vício

.
.

Todos nós temos nossos vícios
O que fazer?
Como distraí-los?
Pensando bem, não sei se quero assim
Aproximam meu eu de mim

Fazemos tudo bem ao natural
Quando nos vimos achamos normal
Se teu exagero é todo meu
"..............." são seus

Paro apenas para recomeçar
Diferente, você recomeça
para não parar

Larguei o osso da sua bandeira
Deixei de lado todas as brincadeiras
A sua mania eu não pego mais
Melhor depender de outro vício
Que a satisfaz


_

Fala Pessoal,
Bom esses versos resgatei de um aúdio antigo que encontrei perdido aqui no pc.
Foi gravado no mp3 player e tava muito ruim pra entender.
Aproveitando uma parte que não conseguir compreender o que eu mesmo disse
vou deixar ali em aberto para que vocês substituam e possam participar desse post. Pode ser que eu use para completa-lá. Abraços e participem!


ADD em 11/06/2009:
Valeu pessoal que participou do post.
A sugestão do Marcelo Ribeiro foi adotada.

A estrofe ficou:

"Fazemos tudo bem ao natural
Quando nos vimos achamos normal
Se teu exagero é todo meu
Meus pensamentos são todos seus"

.

17 comentários:

Canto do Lufa 7 de junho de 2009 20:00  

vício, para largar o vício é preciso mudar e toda mudança gera um desconforto mas depois acostumamos!

Muito legal!

Um abraço

Camila Amato 7 de junho de 2009 20:13  

Nem todo vício é ruim. Alguns até fazem com que as pessoas vivam melhor.

Gostei.

beijos

Wanessa Lins 8 de junho de 2009 01:07  

Eu tenho vicio de viver hehe :)
Gostei do post!


:**

Beijos




http://wanessalins.blogspot.com

Nessullius 8 de junho de 2009 01:18  

Infelizmente não posso contribuir... não tenho dom para poesia, mas gostei do texto cara!

Raiana Reis 8 de junho de 2009 01:26  

"meus dias"?! rs, parabéns pelo poema, achei bem legal a ideia de completar, apesar de não saber colocar a palavra no texto já quase pronto... ;)
Abraço e passa lá pra uma visita?!
www.tocou.blogspot.com - o que toca ao coração.
www.raianareis.blogspot.com - minhas poesias.

beijos, boa semana!

Rosangela A. Santos 8 de junho de 2009 11:05  

É verdade todos temos .. uns chama de vivio outros de manicas .. etc.. concordo quando se é vivio não é legal... srsrss

Abç.

CAC 8 de junho de 2009 12:11  

...os meus são seus...
Sei la se pode ser assim rss adorei o texto e o blog, um abraço que Deus te ilumine semre.

Zone Core 8 de junho de 2009 12:31  

Péssimo! Não consegui nada pra complementar hahaha... Fico devendo!

Abraços! texto é bakana...

T mais!!!

Rodolfo Soares 8 de junho de 2009 12:32  

"os meus icekiss são seus"

APOSasopkasOPKasKOPaSKOP

desculpa, minha mente é fertil pra isso kkkkkkkkkk

Abraços
Rodolfo
www.borarir.net

Marton Olympio 8 de junho de 2009 18:01  

eu tenho vicio de ter vicio.
e vicio de larga-los.

:)

http://martonolympio.blogspot.com/

nnnn

→Aท@ ¢A®0ℓ!ทA← 8 de junho de 2009 19:45  

Interessante caara, todo vício nos consome um pouco, qualquer que seja ele, realmente não é bom... Eu tbm evito! ;)

http://anacarolinolandia.blogspot.com/

Marcelo A. 8 de junho de 2009 21:22  

Cara, existem vícios e vícios, né?
Agora, show essa sua idéia. Vou pensar aqui e deixar minha participação, combinado?

Passa lá no "Diz":


www.marcelo-antunes.blogspot.com

Sucesso,véio!

Ailton Sobrinho 8 de junho de 2009 21:45  

Sabe que existem alguns vícios até bacanas?! Parto do pressuposto de que todo visto é bom, desde que não prejudique o outro (pessoa)...

Falamari 9 de junho de 2009 10:40  

Oii,
mensagem bonito essa sua!
Se quiser,da uma passadinha no meu.

Borboleta 10 de junho de 2009 11:06  

"meus hábitos" ?

Ola, continue se expressando por meio da poesia.. é uma bela forma!

beijocas

Marcelo Ribeiro 10 de junho de 2009 11:48  

Há vícios bacanas, que devemos sim, substituir os maus vícios por eles. Completaria assim... "Meus pensamentos são seus". Abraço e sucesso na blogosfera!!!

Lucas 12 de junho de 2009 11:01  

Fazemos tudo bem ao natural
Quando nos vimos achamos normal
Se teu exagero é todo meu
Todos os meus são seus

:)

Suas poesias são bem profundas!