Sentimento Mediano

"Temos tantos sentimentos, que é frequente persuadir-nos de que somos sentimentais..."

Língua Afiada

.
.

O que você foi dizer pro seu amor?

Com o desespero de perder
Extrapolou
E feriu com palavras
Quem nunca quis machucar
A fez ouvir calada
Seu julgamento bruto
Lhe deu as costas pra fugir
Para sempre do seu mundo

Não podia ficar mais
Não podia ficar um pouco mais

Era o mínimo que poderia fazer

Agora ela não quer conversa
Agora ela não quer conversar, não

Então sozinho imagina
Tudo que fez
Na verdade era o melhor
Para vocês
Pôr um ponto final
Nessa história
Para que um outro livro
Seja escrito

O que você foi dizer pro seu amor?

_


É galera, parece que não foi pegadinha
e eu realmente estou participando do Prêmio Top Blog!
Quem gosta do blog, creio que já pode votar.
Abraço a todos!




17 comentários:

Antonoly 27 de maio de 2009 00:16  

Parabéns pela participação no prêmio, lhe desejo sorte!

Jota Reis 27 de maio de 2009 00:17  

As palavras tem muita força.

Muito bom encontrar outras pessoas que escrevem poesias.

Marcus Alencar 27 de maio de 2009 10:01  

Muitas vezes, tomados pelas emoções não medimos o que falamos,as intenções podem ser as mesmas mas a comunicação parece que fica comprometida. gostei da poesia...

Rogerio Lima 27 de maio de 2009 10:06  

Acho interessante acabar um relacionamento quando não está dando certo!!! Muito boa a poesia.

Fabricio bezerra da guia 27 de maio de 2009 10:12  

bom texto.eu não gosto muito de poesias,mas sei quando uma é
boa

Recanto-malon 27 de maio de 2009 10:15  

Ola, tudo bem?
Achei seu blog através do joguinho do ORKUT, para comentar o blog a cima.
Gostei do seu, tem assuntos interessantes e voltarei mais vezes =]

Abraços

Arthur Alves 27 de maio de 2009 11:04  

Muito bom, o importante é saber dar um ponto final... Saber quando não dá mais, para que no futuro não venha a te incomodar tais lembranças, mas só a deixar saudades e não ferir o amor que existiu.

"Se eu sofri decepções amorosas?
Não, nunca...
Só o amor que a mim foi dado não era eterno o suficiente, e não suportou àquele dia de inverno... Foi embora, foi em busca de algo mais quente..."

Arthur Alves


Abraços

Inez 27 de maio de 2009 11:29  

Muitas vezes falamos coisas sem pensar que ferem a outra pessoa, o importante é saber qual o momento certo para desculpar-se ou tirar o time de campo.

30 e poucos anos. 27 de maio de 2009 12:45  

A força da palavra mal pronunciada ou dita de maneira errada é muito forte e pode destruir tudo

Guiovan Coimbra de Oliveira 27 de maio de 2009 12:45  

parabens pelo seu texto!!!!
muito interresante!!!!
é a vida é assim mesmo cheia de vai e vens que nos faz mudar a todo instante junto com as mudanças que elas nos proporciona inclusive no amor!!!!

abraços!!!

Gabriela 27 de maio de 2009 12:51  

Parece música! (rs)


Abraço.

FAGGH® 27 de maio de 2009 12:56  

passando pra dar um conferida no blog abraço

www.celebritypoke.blogspot.com

Pati 27 de maio de 2009 13:33  

Texto bonito!
E parabéns pela indicação, boa sorte!



Críticas de cinema, www.cafedefita.blogspot.com ;*

Dri Viaro 27 de maio de 2009 19:59  

Oi, to passando pra conhecer seu blog e desejar bom fds
bjss

aguardo sua visita :)

LADY DARK ANGEL 28 de maio de 2009 11:13  

PARECE UMA MUSICA
OU É UMA MUSICA E EU NAO PEGUEI?

JuANiTo 28 de maio de 2009 12:40  

Na verdade, todas são composições musicais.

>)

Lailah 17 de junho de 2009 12:31  

Nossa, muito impactante a composição, gostie muito! parabéns :D