Sentimento Mediano

"Temos tantos sentimentos, que é frequente persuadir-nos de que somos sentimentais..."

É, passou...

.
.

Levei muito tempo a justificar
Nosso momento não estabeleceu
Qualquer parâmetro para nos guiar
Entregou o futuro - você e eu


Sabíamos bem
Do que abríamos mão
Enxergamos além
Havia compreensão

Quero que seja feliz
Pois eu serei também
Que faça outro feliz
E eu farei alguém

Construção de planos
Tudo me Fez crescer
Brigas,respeito, conviver
Produto da soma
Você tambem levou
Carinho,ciúmes e muito amor

Sabíamos bem
Do que abríamos mão
Enxergamos além
Havia compreensão

Quero que seja feliz
Pois eu serei também
Que faça outro feliz
E eu farei alguém

Sabíamos bem
Do que abríamos mão...

_
http://twitter.com/juanitocruz

22 comentários:

Glaucio 19 de setembro de 2009 23:37  

Tudo passa, sempre fica algo, sempre deixa rastros. O importante é saber que a vida continua, que foi bom enquanto durou, e que não vale a pena continuar aquilo que se desgastou, a vida dá voltas e quem sabe reecontre aquilo que foi perdido.

BLOGUEIRO EXECUTIVO 20 de setembro de 2009 00:25  

Poesia é sempre bem vinda na blogosfera, adoro seus poemas, pois são leves e trazem uma emoção sintética ao momento da leitura!

Dual 20 de setembro de 2009 19:21  

cara, muito boa essa poesia. na verdade não consegui ver como uma poesia e sim como uma musica. talvez seja interessante tu tentar trabalhar ela como musica.
só uma dica :)

Mayna 20 de setembro de 2009 19:27  

Juanito,

Agradeço o comentário em meu blog. Parabéns pelo texto!

Vini e Carol 20 de setembro de 2009 20:09  

Bacana o poema.
Mas não vejo lógica em essa sua campanha contra comentários pequenos, ou sem conteúdo...O que podemos comentar em um blog de poesia???
É difícil cara..
Abç.

Jeffisu 21 de setembro de 2009 10:30  

Bom, gostei muito da sua poesia.
Leve e bem fácil de compreender o que você quis passar!
E isso até me pareceu uma música e não uma poesia!
parabéns!

Carlos Macêdo 21 de setembro de 2009 10:59  

Tudo tem 2 lado...o ganho e a perda de alguma coisa.

flw!



http://www.fliperamatilt.blogspot.com/


segue o twitter tb ^^

http://twitter.com/PrototipoStudio


Valeu!

talita 21 de setembro de 2009 11:42  

se vc ganha,sempre perde alguma coisa,mas ganha experiencia nela :D

http://www.bolinhodevento.blogspot.com/

Andrii ♥ 21 de setembro de 2009 12:38  

Linda poesia '-'

Vc escreve beem hein! bjs

Vini e Carol 21 de setembro de 2009 12:53  

Bom, já que é uma música, tem jeito de um pagode romântico rs.
Daqueles de fossa que atinge o casal que se separa e o faz chorar! hehehe.
Abraço.

Andrei 21 de setembro de 2009 21:04  

Bem que eu precisava ler esse poema...Adorei aquele final"Quero que seja feliz
Pois eu serei também
Que faça outro feliz
E eu farei alguém"...Tem muita verdade nessas palavras ADOREI :D

Esconderijo 21 de setembro de 2009 21:05  

Belo poema. Interessante como esses sentimentos são capazes de fazer aflorar palavras e letras pra lá de entrosadas.

abraço.

http://escondidin.blogspot.com/

Rogerio 22 de setembro de 2009 21:15  

muito boa a letra e som...continue assim....parabens...eu tb faço letra de musicas....

palavraacida 22 de setembro de 2009 21:18  

Não sou fã de poesia, nem de prosa e nem de pseudo-poesia não engulo palavras jogadas sem justificativa e opinião própria.

leandro 22 de setembro de 2009 21:34  

Obrigado pela sua participação
no blog Diário de Plantão, Juanito.
A sua sugestão é muito bem vinda e ajudará a melhorar a qualidade das postagens.
Continue participando.
Um cordial abraço.
Leandro Andrade
diariodeplantao.blogspot.com

PCN 22 de setembro de 2009 22:08  

Bela letra... ela diz como funciona a vida, ela nos faz refletir! O video acima também é legal!

http://papeisriscados.blogspot.com

Twiggy 23 de setembro de 2009 12:11  

Hum... Legal, é as vezes é preciso deixar as coisas que amamos irem embora ..... =/

Tolerância Zero 23 de setembro de 2009 13:09  

fodarastica a poesia.... meus parabens...... sintetiz amuito bem os sentimentos.. e expressa com maestria sua saflições!

Rha Belloti 24 de setembro de 2009 12:01  

Amei a música, e também dei uma olhada nos outros textos aqui (são músicas ?).

Talvez tenha me identificado tanto por estar vivendo exatamente isso. Já estou seguindo o blog.

JuANiTo 24 de setembro de 2009 12:34  

São Músicas sim.
Legal ver que pessoas se enxergam na música.
Abraço.

Canto do Lufa 30 de setembro de 2009 01:11  

Engraçado os estágios das músicas.

Essa música parece que foi feita logo depois que vc terminou o relacionamento e estava afim de esquecer e de pegar outras pessoas. As duas músicas depois já remetem uma saudade

Biel 2 de novembro de 2009 20:06  

Gostei :D