Sentimento Mediano

"Temos tantos sentimentos, que é frequente persuadir-nos de que somos sentimentais..."

Alternativas

.
.

Fechem as cortinas do mundo pagão
Escondam das suas vidas o que mais estimam
E eu sigo tentando entender, o que acontece a minha volta...

...ao meu redor.

Amem o desejo da substituição
Alegrem aqueles que prometem uma história
E eu permaneço parado, rindo da situação...

...sempre a mesma.


Rezar, alternativa ao chorar
Cantar, alternativa ao gritar
Sonhar é o que fazemos para viver...

...sobrevivendo.

Olhos belos, não me olhe assim
Seque esse rosto, não deixe lagrimas cair
Vamos ser fortes, a cada passo nesse chão.

Segura a minha mão.

_

23 comentários:

LADY DARK ANGEL 29 de março de 2009 15:58  

TA MUITO LONGE PRA SEGURAR SUA MAO MAS VOU TENTA
BRINKADEIRA
E VC Q ESCREVE?

bones 29 de março de 2009 15:59  

sempre sou a favor do lado positivo da situação.
alternativas são bem aceitas.
Não entendo muito de poesia,métrica e tal, então não acho justo comentar.
sorry.

Eu amo a E.Y. 29 de março de 2009 16:00  

É a vida, sempre nos colocando em situações dialéticas.

um abraço!
http://eu-amo-a-ey.blogspot.com/

Meu Lado Contido 29 de março de 2009 16:56  

Força e sonho,e fé tudo que nos move.
Lindo oque vc escreve. Eu tamém não entendo, de poesias, poemas essas coisas, mas de qq forma as palavras são lindas
Bom restinho de Domingo e tenha uma linda semana!

Beijão

Liipee 29 de março de 2009 18:01  

Nossa..
parece uma música.
gostei mesmo..
belos textos.
parabéns.
poderia até fazer uma comparação aqui, mas estragaria o comentário.
:)

Liipee 29 de março de 2009 18:02  

ps: obrigado pela visita.
:D

Inez 29 de março de 2009 20:11  

Lindo seu poema, sempe há uma alternativa melhor.

Dário Souza 29 de março de 2009 20:16  

Muito bom vey, sucesso aew pra vc

Luciano R. Correa 30 de março de 2009 13:54  

Mensagens positivas são sempre interessantes

**Carlitos** 30 de março de 2009 13:55  

Foi você quem escreveu!? e seguindo o que já disseram... tá bem musical os versos... parabéns!!!

Malandro Metido 30 de março de 2009 13:59  

mt loca a poesia.

bah. acho mt massa qm sabe esquver.. eu ja tentei e nao rolo..

parabens

Groo 30 de março de 2009 18:44  

Sua poesia tem boas imagens.

abs!

carol 30 de março de 2009 19:03  

Enquanto for possível caminhar, respirar, não podemos desistir (:
Há sempre um lado bom nas coisas, mas quase sempre estamos tão desiludidos e cegos por esse mundo caótico, que não o percebemos.
Mas enfim.. é a vida.
bjs e obrigada pela visita :D

Marton Olympio 31 de março de 2009 00:47  

Bem bacana.
Pra cima, up, otimista.
Raro na Blogsfera que só lamenta, lamenta, lamenta.

:)

http://martonolympio.blogspot.com/

JackTekila 31 de março de 2009 13:44  

Fala meu velho,

Foi la no meu blog agora comentar.

Se puder da uma forca la na votacao da comunidade "eu tenho um blog"
o interLouco foi pra final.

Se puder da aquela forca já agradeco.

abraco e sucesso com o blog!

Vivica Bolacha 1 de abril de 2009 00:40  

Puxa, eu tô precisando que alguém segure a minha mão. E como diz o poema, nada melhor que cantar pra disfarçar o grito, a fúria.

Beijos

Ingrid 1 de abril de 2009 00:44  

Bem legal o blog, é bom pegar essas coisas guardadas e colocar na rede e saber a opinião das pessoas, beijos e obrigada pela visita =]

Seu Ariovaldo 1 de abril de 2009 11:06  

Ae velho.. Valeu pelo comentário lá no blog..
Seguinte.. Tu esta colocando lá na comunidade o endereço errado!
www.sentimentomediano.BLOSPOT.com..heehehe..

ninainwonderland 1 de abril de 2009 16:53  

poxa, que bonito!

Cá Minervino 1 de abril de 2009 18:42  

Nossa muito lindoO!
Brigada pela visita voluntária (rsrs) ao meu blog!
Parabéns pela sensibilidade...lindo demais
Abraços

online-naweb 1 de abril de 2009 19:54  

Bela poesia, estava inspirado hein.
Abraços

Eu amo a E.Y. 2 de abril de 2009 17:33  

Fala meu camarada, valeu pela visita ao meu humilde blog.

Um grande abraço!

Jéssica Modinne 2 de abril de 2009 20:58  

Esse texto ficou lindo. Consigo sentir muito bem o que ele diz.

Obrigada por visitar o Hoppípolla, volte sempre que puder.

www.hoppípollablog.blogspot.com