Sentimento Mediano

"Temos tantos sentimentos, que é frequente persuadir-nos de que somos sentimentais..."

Felicidade Original

.
.

Deixe de lado
Aquela história
De que só você não é amada por ninguém.

Volte uns anos, à suas origens.
Lá vai encontrar a felicidade, meu bem.

E de tudo vai lembrar
Do que sofreu e superou
Da bola que furou
Dos pontos que conquistou

O conselho da família
Memória perdida
É só procurar, com certeza irá encontrar.

E as amizade coloridas
Ou faltou colorir
As que teve que apagar
Mas serviu pra evoluir


Deixe de lado
Aquela história
De que só você não é amada por ninguém.

Volte uns anos, à suas origens.
Lá vai encontrar a felicidade, meu bem.

Felicidade.

Suas Origens.

De Verdade.

Terá um futuro,

Que só lhe quer bem.

O Bem.

_

23 comentários:

Anônimo 15 de abril de 2009 00:09  

poema bonito! espero que a pessoa pra quem você fez esse poema tenha se tocado...lembrado...

Flá Romani... 15 de abril de 2009 10:42  

Que lindo post!!!! Profundo

Hique 15 de abril de 2009 11:50  

Pensei na amizades que faltou colorir.

Riot 15 de abril de 2009 12:12  

O passado é a única certeza de que temos, pois vivenciamos cada momento sendo o protagonista de nossa história, mesmo com nossas tristezas, erros, alegria e acertos.

O nosso passado nos diz quem somos, não pelo o que fizemos, mas pelo o que mudamos.

abç

Lg. 16 de abril de 2009 12:09  

Deixe de lado
Aquela história

Há se todos com quem nos relacionamos, seja um amigo ou uma paixão deixasse de lado as pré-noções...imagine um diálogo com uma pessoa desprovida de defesas, de amarras e de falso moralismo. Quem dera se as pessoas fossem elas mesmas...

Rogério Valdez 17 de abril de 2009 23:44  

bacana...
imaginei olhando pra um albúm antigo, onde a galera q a gente gosta tah com um sorrisão na cara =D
tem tbm akela galera q nnca mais vimos... eh soh olhar pra trás q somos levados a uma s´rie de sentimentos bons

curti \o/

Diogenes M. 17 de abril de 2009 23:48  

Lindo poema!
Gostei também do post de baixo.

Perfect.

diego leal 17 de abril de 2009 23:51  

belo poema.
é a mais pura verdade, muita gente se sente assim, sem ter motivos.

abraço.

----------------------

http://columnleal.wordpress.com/

Cláu 18 de abril de 2009 08:16  

Coisas assim que fazem a gente pensar no que mesmo a pena lembrar!!

diomar 18 de abril de 2009 17:00  

Muito bom o post,adoro poemas.
tem um selo no meu blog p/vc da uma passadinha lá.

Estêvão dos Anjos 21 de abril de 2009 12:35  

Gostei n.

Unknown 21 de abril de 2009 12:37  

linda poesia
lgl d+


se puder
http://sonabrisa.nomemix.com/

Juliana Daglio 21 de abril de 2009 16:30  

parabéns pelos textos e pelo blog

se puder:
http://jdinfinito.blogspot.com/

MoizaCARTUNS 22 de abril de 2009 14:47  

Velho... dá uma música bem legal, esse poema! Tem até um refrãozinho :-)

É assim que gosto de escrever versos: com palavras simples, diretas e de fácil intelecção. Nada de confundir o leitor.

Abraços o/

Alan Salgueiro 22 de abril de 2009 14:50  

Apreciável! Versos em forma de conselho, gostei!

Anônimo 22 de abril de 2009 23:26  

Belo post. parabéns
visite meu blog
www.sofismo.wordpress.com

MoizaCARTUNS 22 de abril de 2009 23:52  

E aí, cara?

Valeu pela visita e comentário no meu blog de tirinhas MUTUM.

Quanto ao tamanho das tirinhas, elas são mais bem visualizadas em resolução de tela 1152 x 864 pixels. Dai, abre legal no Firefox, no Opera, no Google Chrome e no Internet Explorer.

Abraços o/

Daniel Silva 23 de abril de 2009 13:37  

bacana... é verdade!na maioria das vezes nós que deixamos amores passar... mas como disser. apagou para evoluir...

Vou te seguir, se quiser passa no meu blog tbm...

Andréia Silva 23 de abril de 2009 13:40  

E muitas vezes necessitamos voltar ao passado para compreendermos melhor as coisas e re-começar!
Abraço!

Marcelo A. 25 de abril de 2009 20:48  

Belo poema! Já pensou em musicá-lo?

Denise 26 de abril de 2009 23:21  

Nossa que música linda!! Inspiração, hien? rsrs [:P]

Luizichxos Downloads 27 de abril de 2009 21:30  

É, você tem grande inspiração para escrever esses ótimos Poemas!
Até Mais

Inez 29 de abril de 2009 10:52  

As letras de suas músicas são muito boas.
Parabéns!