Sentimento Mediano

"Temos tantos sentimentos, que é frequente persuadir-nos de que somos sentimentais..."

Felicidade Original

.
.

Deixe de lado
Aquela história
De que só você não é amada por ninguém.

Volte uns anos, à suas origens.
Lá vai encontrar a felicidade, meu bem.

E de tudo vai lembrar
Do que sofreu e superou
Da bola que furou
Dos pontos que conquistou

O conselho da família
Memória perdida
É só procurar, com certeza irá encontrar.

E as amizade coloridas
Ou faltou colorir
As que teve que apagar
Mas serviu pra evoluir


Deixe de lado
Aquela história
De que só você não é amada por ninguém.

Volte uns anos, à suas origens.
Lá vai encontrar a felicidade, meu bem.

Felicidade.

Suas Origens.

De Verdade.

Terá um futuro,

Que só lhe quer bem.

O Bem.

_

23 comentários:

Ana Lucia Nicolau 15 de abril de 2009 00:09  

poema bonito! espero que a pessoa pra quem você fez esse poema tenha se tocado...lembrado...

Flá Romani... 15 de abril de 2009 10:42  

Que lindo post!!!! Profundo

Hique 15 de abril de 2009 11:50  

Pensei na amizades que faltou colorir.

Gláucio 15 de abril de 2009 12:12  

O passado é a única certeza de que temos, pois vivenciamos cada momento sendo o protagonista de nossa história, mesmo com nossas tristezas, erros, alegria e acertos.

O nosso passado nos diz quem somos, não pelo o que fizemos, mas pelo o que mudamos.

abç

Lg. 16 de abril de 2009 12:09  

Deixe de lado
Aquela história

Há se todos com quem nos relacionamos, seja um amigo ou uma paixão deixasse de lado as pré-noções...imagine um diálogo com uma pessoa desprovida de defesas, de amarras e de falso moralismo. Quem dera se as pessoas fossem elas mesmas...

Rogério Valdez 17 de abril de 2009 23:44  

bacana...
imaginei olhando pra um albúm antigo, onde a galera q a gente gosta tah com um sorrisão na cara =D
tem tbm akela galera q nnca mais vimos... eh soh olhar pra trás q somos levados a uma s´rie de sentimentos bons

curti \o/

Diogenes M. 17 de abril de 2009 23:48  

Lindo poema!
Gostei também do post de baixo.

Perfect.

diego leal 17 de abril de 2009 23:51  

belo poema.
é a mais pura verdade, muita gente se sente assim, sem ter motivos.

abraço.

----------------------

http://columnleal.wordpress.com/

Cláu 18 de abril de 2009 08:16  

Coisas assim que fazem a gente pensar no que mesmo a pena lembrar!!

diomar 18 de abril de 2009 17:00  

Muito bom o post,adoro poemas.
tem um selo no meu blog p/vc da uma passadinha lá.

Estêvão dos Anjos 21 de abril de 2009 12:35  

Gostei n.

luiz 21 de abril de 2009 12:37  

linda poesia
lgl d+


se puder
http://sonabrisa.nomemix.com/

Miss Jay 21 de abril de 2009 16:30  

parabéns pelos textos e pelo blog

se puder:
http://jdinfinito.blogspot.com/

MoizaCARTUNS 22 de abril de 2009 14:47  

Velho... dá uma música bem legal, esse poema! Tem até um refrãozinho :-)

É assim que gosto de escrever versos: com palavras simples, diretas e de fácil intelecção. Nada de confundir o leitor.

Abraços o/

Alan Salgueiro 22 de abril de 2009 14:50  

Apreciável! Versos em forma de conselho, gostei!

sofismo 22 de abril de 2009 23:26  

Belo post. parabéns
visite meu blog
www.sofismo.wordpress.com

MoizaCARTUNS 22 de abril de 2009 23:52  

E aí, cara?

Valeu pela visita e comentário no meu blog de tirinhas MUTUM.

Quanto ao tamanho das tirinhas, elas são mais bem visualizadas em resolução de tela 1152 x 864 pixels. Dai, abre legal no Firefox, no Opera, no Google Chrome e no Internet Explorer.

Abraços o/

Daniel 23 de abril de 2009 13:37  

bacana... é verdade!na maioria das vezes nós que deixamos amores passar... mas como disser. apagou para evoluir...

Vou te seguir, se quiser passa no meu blog tbm...

™Deka 23 de abril de 2009 13:40  

E muitas vezes necessitamos voltar ao passado para compreendermos melhor as coisas e re-começar!
Abraço!

Marcelo A. 25 de abril de 2009 20:48  

Belo poema! Já pensou em musicá-lo?

Denise 26 de abril de 2009 23:21  

Nossa que música linda!! Inspiração, hien? rsrs [:P]

Luizichxos Downloads 27 de abril de 2009 21:30  

É, você tem grande inspiração para escrever esses ótimos Poemas!
Até Mais

Inez 29 de abril de 2009 10:52  

As letras de suas músicas são muito boas.
Parabéns!